Viagra perde o efeito à saída da farmácia

loading...

Foi agora divulgado que os portugueses gastaram num ano, 27 milhões de euros em Viagra, o poderoso estimulante sexual; e a esse propósito o repórter PH apurou o seguinte: um idoso de 74 anos queixou-se de ter pedido um copo de água e tomado um desses comprimidinhos azuis, mas de ter passado o efeito logo à saída da farmácia, onde passou mais de meia hora a ser atendido por uma escultural jovem farmacêutica de 22 anos, com longos cabelos louros e olhos verdes, desses que dão vontade a qualquer homem de avançar a toda a velocidade na sua direção.

O repórter PH acha que não deve ter sido estranho a esse facto, ter à saída do estabelecimento a esposa 5 anos mais velha à espera, com os saquinhos de irem às compras.

O que se sabe é que ele voltou atrás e levava tanta raiva que ia disposto a pedir o livro de reclamações. Só não o fez e preencheu para aí umas 5 páginas, porque, fixando de novo o olhar no decote da funcionária, a ereção voltou e sentiu um vigor, como no tempo em que a esposa não tinha vergonha de entrar com ele, nem que fosse numa farmácia, para comprarem preservativos como os que só há meia dúzia de anos é que se vendem nos supermercados.

 

loading...