Subsídio extraordinário para os ex-políticos calados há mais de 1 ano

loading...

O Governo acabou de anunciar a atribuição de um subsídio extraordinário aos desempregados de longa-duração, ou seja, que estejam sem trabalhar há mais de 12 meses.
No entanto, o Repórter PH conseguiu descobrir à conversa com uma funcionária do bar da Assembleia da República, que António Costa pretende dar também um subsídio com essa caráter aos ex-políticos que se mantenham calados há mais de 1 ano, premiando todos aqueles que de alguma forma pudessem criticar a sua atuação.

Fora da atribuição deste subsídio, que deve ascender a uns milhares de euros no caso dos políticos, está já Santana Lopes que apareceu em grande destaque em todos os órgãos de comunicação social nas diretas do PSD.
E por falar em Diretas, quem vai receber de certeza em casa uma carta a dizer que tem direito a recebê-lo é António José Seguro, o político que foi dar aulas e se remeteu ao silêncio após a derrota nas eleições internas do PS. O mesmo se passa com Henrique Neto. Lembram-se dele, o concorrente mais idoso na corrida às presidenciais em que venceu Marcelo? Apenas tem de escolher entre continuar a receber a Reforma ou passar a receber o subsídio.

Já Constança Urbano de Sousa, antiga ministra da Administração Interna, anda tão caladinha há uns meses que bem merecia começar a recebê-lo mais cedo. É a mais forte candidata a ser subsidiada, bastando-lhe que, quando começarem os fogos, se abstenha de falar para os Telejornais a contar o que faria para debelar o problema se entretanto não se tivesse demitido.

loading...