Santana Lopes diz que é precário no PSD e por isso quer ser integrado no Estado

loading...

O social-democrata derrotado há dias quer ser beneficiado pela lei que integra precários no Estado. Daí que mesmo que não possa voltar à Santa Casa, não descartaria desempenhar um cargo no aparelho governativo que lhe desse alguma visibilidade e daqui a uns anos lhe permitisse voltar a concorrer à liderança do Partido ou a algo mais, mas que no fundo viesse confirmar o arrependimento de não se ter tornado militante socialista quando completou 18 anos.


No rescaldo da recente derrota nas diretas no PSD, Santana confidenciou a um amigo que está insatisfeito, que se sente marginalizado pelos seus correligionários e que está numa situação precária, tanto que escreveu ao secretário-geral do PS e não fecha as portas a uma eventual mudança de ares para os lados do Largo do Rato, onde segundo ele “são muito simpáticas as pessoas que por lá moram”.


E àqueles que o acusam de nunca levar nada até ao fim, apraz-lhe dizer que só não desiste do intuito de ser recebido pelo Primeiro-ministro, se por lá os amigos de António Costa andarem todos muito distraídos e nenhum lhe vier abrir a porta.

loading...