Saiu a fava a Marcelo no bolo-rei oferecido pela passagem dos 2 anos sobre a data da sua eleição

loading...

Foi com surpresa que o Presidente Marcelo mordeu a fava do bolo-rei que lhe ofereceram perante convidados, na festa em que celebrou o 2º aniversário da data da sua eleição em sufrágio marcado pela grande afluência dos portugueses às urnas.

Era dura e dizem as más-línguas que deve ter sido misturada na massa por algum dos seus antigos opositores na corrida a Belém, desejoso de vê-lo engasgar-se com ela atravessada na garganta, como tem acontecido por causa das críticas em público que não tem feito ao Governo de António Costa, em nome da paz institucional e do respeito que deve existir entre ambos.

Desejoso de achar o brinde, que em sua opinião deveria ser incluído no espólio do museu que inclui algumas ofertas de Chefes de Estado, o Presidente mandou dividir o bolo, não tendo o objeto aparecido até à hora em que o repórter PH acabava esta reportagem, devendo ter sido engolido por algum dos convivas que não quis falar para a nossa reportagem.

No programa Mais Futebol, e sabendo da paixão pelo Sporting Braga, um dos comentadores disse que a maior fava para Marcelo, seria o clube terminar o campeonato a lutar para não descer de divisão. Já outro, diz que não senhor. Pior ainda seria o Benfica ganhar o penta e António Costa, em vez de se juntar aos adeptos no Marquês, ir festejar a vitória no fronteiriço a Belém Palácio de S. Bento.

 

loading...