Pen do orçamento enche computador de Merkel de vírus

loading...

Ia carregada de vírus, a pen com as contas do orçamento de Estado que o ministro português das Finanças Mário Centeno entregou ao alemão, na reunião de países da zona Euro que decorreu há dias em Bruxelas.

E a 1ª consequência está à vista. Foi a destruição de ficheiros importantes no computador pessoal da chanceler Merkel, tais como a lista das penalizações a aplicar a Portugal no caso de novo incumprimentos do défice. Também um curto vídeo em que, presumivelmente numa festa de Carnaval, uma mulher parecidíssima consigo, aparece a beijar um homem, que só não diríamos ser Sarkozy porque ao lados de ambos está Carla Bruni a sorrir enquanto segura uma taça de champanhe.

Quem já se desmarcou do ocorrido foi o Primeiro-ministro António Costa, frisando que a pen infetada não pode ter tido origem no seu PC, pois tem um poderoso antivírus que só o não protege dos ataques violentos da oposição. “Não deve ser o que tem Passos Coelho”, salientou. De contrário, na devida altura ele teria sido alertado pelos avisos do PS para reduzir a austeridade e em outubro até talvez tivesse ganhado as eleições com a tal maioria absoluta que tanto queria.

loading...
, , ,