Papa Francisco detido por lançar piropo

loading...

Não podia ter acabado de pior forma uma visita relâmpago do Santo Padre ao nosso país. Numa das suas comuns e não anunciadas visitas a bairros sociais, o Papa Francisco deslocou-se ao bairro do Lagarteiro, no Porto.

O Papa foi recebido em êxtase por uma pequena multidão quando, na despedida, tocou gentilmente na face de uma menina de 12 anos proferindo as palavras: “pareces um anjinho”.

O Papa Francisco ainda mal tinha acabado de proferir a frase quando, de forma bruta o Agente Gilberto, da PSP do Porto, atirou o Santo Padre ao chão manietando-o com dois pares de algemas.

Perante a indignação de quem assistia, o Agente Gilberto explicou:
“Meu amigo, ninguém está acima da lei, pode ser apresentador de concursos, pode ser político até pode ser Papa: se lança piropos a uma menor é preso, agora se me dão licença tenho de ir embora que aqueles rabetas da Guarda Suiça querem acertar-me o passo.”

A multidão, incluindo este repórter do PH, ficaram incrédulos enquanto Francisco I era arrastado para o carro descaracterizado da PSP a gritar: “Perdoa-lhes senhor, eles não sabem o que fazem.”

loading...
, ,