Óscares de Hollywood mudam de nome e passam a ser os Marcelos

Partilhe nas redes sociais...Share on Facebook
Facebook
0Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on Google+
Google+
0Share on LinkedIn
Linkedin

O nome do grande vencedor das presidenciais de há 2 anos, foi o escolhido pelo júri formado por críticos e elementos da Associação Cinematográfica sediada em Hollywood, para suceder ao do tradicional Óscar, já a partir da cerimónia que terá lugar em Los Angeles daqui a 1 ano.

O prémio que desde há dezenas de anos premeia, entre outros, os melhores filmes, atores e realizadores do mundo da 7ª arte, terá nessa edição um nome e um aspeto diferentes.
A lista de nomes de personalidades possíveis era extensa e incluía personalidades da área do entretenimento e não só com Ronaldo, Justin Bieber e Kardashian, mas cedo sobressaiu o nome do político português, cuja estatueta em latão há-de representá-lo de braços içados no dia da vitória eleitoral, com uma velhinha agarrada à sua cintura.

Em Portugal, Marcelo foi um prémio que sorriu a todas as fações. Aos de direita que o apoiaram. Aos comunistas, que por causa dos votos no social-democrata independente não houve mais gente de esquerda a votar em Marisa, vendo o Bloco afastar-se. E até aos socialistas apoiantes de Costa, que ante a derrocada de Maria de Belém saíram com a certeza de que tão cedo não lhe passará pela cabeça candidatar-se à liderança do Partido.