O estranho caso do sumiço de P. Passos Coelho

loading...

Desde que se afastou da liderança do PSD, familiares e amigos estranham não tê-lo mais visto nos lugares onde era costume parar: no café onde quando entrava dava calorosas saudações a toda a gente; no restaurante onde almoçava e nunca dava gorjeta ao empregado; no jardim onde ao final da tarde passeava de mãos dadas com a esposa enquanto distribuía milho aos pombos.

O jornalismo de investigação do PH apurou que tudo tem a ver com ele ter voltado à atividade profissional de antes de ser presidente do PSD, isto é, a ser gestor de empresas-fantasma, como a Tecnoforma.
Daí que ele possa continuar a ser visto em todos estes lugares, mas de noite ou altas horas da madrugada.

loading...