O Natal dos Hospitais vai ser em direto de uma escola

loading...

O anúncio, feito há dias, do relatório médico segundo o qual uma elevada percentagem de alunos dos ensinos básico e secundário toma medicamentos contra o défice de concentração, permitiu concluir que as escolas portuguesas são dos sítios onde estão concentrados o maior número de doentes em tratamento fora dos hospitais.

Daí que, numa tentativa de inovar, a equipa a quem compete realizar a emissão do “Natal dos Hospitais” deste ano, tenha enveredado por fazer deslocar para escolas do Ensino Básico de norte a sul do país, os técnicos que irão levar a casa de cada espetador todos os momentos da emissão que será transmitida em direto.

Os artistas convidados serão os mesmos que no fim-de-semana anterior evoluíram nos palcos dos programas das festas regionais da SIC e da TVI e talvez só as bailarinas que acompanham os cantores mais conhecidos estejam impedidas de atuar, a menos que tapem mais o corpo, por causa de, com alguma das professoras mais novas que gostam de andar de perninha ao léu, não serem confundidas pelos alunos mais distraídos.

loading...
,