Ministros com vínculo precário querem ser integrados no Estado

Partilhe nas redes sociais...Share on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on Google+0Share on LinkedIn0

Querem passar de um vínculo precário a funções permanente no Estado, os atuais ministros que temem ter de sair no futuro, em resultado de uma remodelação governamental.

Já deram a António Costa conta da sua preocupação e agora aguardam pela lei que com o apoio parlamentar do BE, da CDU e do PAN os vai vincular permanentemente à função pública. Já agora, reivindicam igualmente continuar a usufruir de um bruto vencimento, além das atuais mordomias, e por lá poderem ficar pelo menos enquanto não lhes aparecer nada que valha a pena, por ser um tacho ainda maior.