Marcelo Rebelo de Sousa passa a integrar comitiva de Obama

loading...

Para não voltar a ser alvo da chacota do candidato republicano à Casa Branca Donald Trump, pela ausência, na recente viagem a Cuba, do chefe de estado Raul Castro na pista do aeroporto à chegada do avião a Havana, a administração americana resolveu convidar o Presidente português para passar a integrar a comitiva oficial do país sempre que Obama for ao estrangeiro.

A operação é simples e consiste em fazê-lo viajar para esses lugares com 24 horas de antecedência de maneira a dar-lhe tempo de preparar uma cerimónia condigna, em que deverá comparecer como chefe de Estado convidado de um país da União Europeia, para conferir ainda maior solenidade ao ato.

loading...
, , ,