Livro de Carlos Cruz é uma ameaça maior do que o daesh

loading...

O facto daquele que ficou conhecido pelo Sr. Televisão, Carlos Cruz, ter há dias lançado um livro autobiográfico, relatando acontecimentos a que esteve ligado ao longo da sua carreira, veio lançar o pânico na sociedade portuguesa em geral.

Isto porque se soube tratar-se apenas do 1º volume de mais de 600 páginas, dos 5 que nos próximos 3 meses inundarão as livrarias e bancas de hipermercados em Portugal.

Com medo de o seu nome ser revelado, figuras da televisão, políticos e pessoas de todas as atividades em geral andam assustadas, pensando no bolso de quem poderão, às escondidas, ter enfiado um envelope recheado de euros ou dólares para subornar e agora não se consigam lembrar.

Outra personalidade que anda com os nervos à flor da pele, é o famoso apresentador do canal 1, Eládio Clímaco, que durante décadas acompanhou as representações portuguesas aos “Jogos Sem Fronteiras”.

Antes de vir a ser acusado de nalguma ocasião ter subornado o júri do programa para trazer a organização para Portugal, já veio dizer que ela seria falsa, até porque nalguns casos ela nem foi benéfica para os concelhos onde se realizou. “Concelhos houve que ficaram endividados durante anos obrigando os seus munícipes a pagar taxas mais elevadas nos impostos camarários. Não vejo que isso tivesse sido bom. Seria como se estivessem já a prepará-los para as medidas de austeridade que por aí viriam por causa da Troika.”, disse.

loading...
, ,