Governo não expulsa diplomatas, mas Salada Russa foi banida das ementas das cantinas

Partilhe nas redes sociais...Share on Facebook
Facebook
0Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin

Tão certo como falharem as previsões do IPMA, era, de duas em duas semanas à quinta-feira, ser servida na cantina do Palácio de S. Bento aos funcionários, uma receita especial de Salada Russa … era porque agora deixou de ser.

Como retaliação ao envenenamento do espião russo, alguns países optaram pela expulsão de diplomatas russos do seu território, convictos de que o ato foi perpetrado a mando de Putin. Todavia, António Costa, conhecido por ser um homem dado a consensos, limitou-se a abanar a cabeça e não foi tão longe como os seus congéneres nas medidas anunciadas.

Sem poder ser acusado de extremismo por nenhum dirigente dos Partidos que compõem a Geringonça, limitou-se a dizer que era preciso os responsáveis mundiais se sentarem à mesa das negociações e foi-se embora.

Entretanto, nas ementas das cantinas nas escolas públicas, já proibiu que continuassem a servir Salada Russa, o que em grande parte agradou aos alunos mais esquisitos. Os de má boca agradecem do fundo do coração, até porque não era do que mais gostavam de comer e assim deixa de haver tantas sobras no final da refeição.