Governo não expulsa diplomatas, mas Salada Russa foi banida das ementas das cantinas

Partilhe nas redes sociais...Share on Facebook
Facebook
0Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on Google+
Google+
0Share on LinkedIn
Linkedin

Tão certo como falharem as previsões do IPMA, era, de duas em duas semanas à quinta-feira, ser servida na cantina do Palácio de S. Bento aos funcionários, uma receita especial de Salada Russa … era porque agora deixou de ser.

Como retaliação ao envenenamento do espião russo, alguns países optaram pela expulsão de diplomatas russos do seu território, convictos de que o ato foi perpetrado a mando de Putin. Todavia, António Costa, conhecido por ser um homem dado a consensos, limitou-se a abanar a cabeça e não foi tão longe como os seus congéneres nas medidas anunciadas.

Sem poder ser acusado de extremismo por nenhum dirigente dos Partidos que compõem a Geringonça, limitou-se a dizer que era preciso os responsáveis mundiais se sentarem à mesa das negociações e foi-se embora.

Entretanto, nas ementas das cantinas nas escolas públicas, já proibiu que continuassem a servir Salada Russa, o que em grande parte agradou aos alunos mais esquisitos. Os de má boca agradecem do fundo do coração, até porque não era do que mais gostavam de comer e assim deixa de haver tantas sobras no final da refeição.