Deputados comunistas afetos ao Sporting na AR, querem subida do défice à custa de pagarem a Jorge Jesus os milhões da rescisão de contrato

loading...

Por causa de ter perdido a chance de ter acabado em 2º na Liga, Jorge Jesus está a ser fortemente contestado e há simpatizantes e sócios que o querem de lá para fora.

Alguns são comunistas. Um grupo deles, todos deputados na Assembleia da República pelo PCP, quer que o dinheiro da indeminização saia, imagine-se, do próprio Orçamento de Estado.

Mário Centeno, um reconhecido benfiquista que assiste aos jogos no estádio, é que não vai em cantigas, apesar de os ventos da Eurovisão ainda se fazerem sentir. Já negou essa possibilidade, perentoriamente. Assim como não retira de lá dinheiro para, por exemplo, pagar a cláusula de rescisão de Rui Patrício e fazê-lo ingressar no Benfica.

Nem que esperasse um grande retorno e pensasse em repor o dinheiro, acrescido de juros, naturalmente, graças à receita proveniente das vitórias da Liga dos Campeões. Talvez por saber que as vitórias não são garantidas e se lembrar da carreira da equipa na época agora finda, em que nem um mísero ponto logrou alcançar.

loading...